Por Renato Barbim

Os alimentos ricos em proteínas já são bem conhecidos pela maioria das pessoas que buscam hábitos saudáveis. É importante que se consuma proteínas ao longo do dia em quantidades adequadas, pois esse nutriente gera maior saciedade, além de ajudar no controle glicêmico das refeições. No entanto, aqueles que visam bons resultados praticando hábitos saudáveis e buscando bons alimentos o dia todo, podem ter dificuldades em atingir a meta protéica em cada refeição, principalmente as intermediárias (lanches da manhã e tarde). Algumas maneiras de contornar essas dificuldades é a inclusão de alimentos fontes de proteína que possuem uma maior aceitação e praticidade, como iogurtes, queijos, pasta de amendoim integral, patê de atum ou frango e até suplementos (whey protein, barra de proteína, etc). Existem várias combinações que podemos fazer com esses alimentos, garantindo que fiquem saborosos e nutricionalmente adequados. Uma ideia interessante é consumir a pasta de amendoim associada com mel, banana e whey protein, ou iogurte natural adicionado de aveia, morangos picados e leite em pó o qual também garantirá uma refeição protéica sem perder o sabor. Além disso, não se deve excluir a possibilidade de novas combinações. Use sua criatividade e inclua outros tipos de frutas como abacate, algumas oleaginosas como a castanha de caju e do Pará e varie nas formas de preparo. Dessa maneira, realizar refeições intermediárias se torna prático e gostoso, o que é muito importante já que vivemos em uma sociedade que busca otimizar o tempo, sem dispensar a qualidade e o equilíbrio nutricional.

 

Renato Barbim é graduado em Nutrição e Metabolismo pela USP de Ribeirão Preto. Especialista em Fisiologia do Exercício pela UFSCAR.

www.renatobarbim.com.br

Comentários

comentários